Com as crianças de 5 anos, o Projeto Ciranda preserva o espaço do brincar, das linguagens artísticas e o desenvolvimento da comunicação. A linguagem é um aspecto absolutamente importante na Educação Infantil, e na proposta de 5 anos esperamos que a criança a use para se comunicar em conversas, brincadeiras, para expressar desejos, necessidades, ideias, para relatar experiências e argumentar sobre suas opiniões. Isso acontece em todos os eixos.

O trabalho com os cinco eixos (Linguagem oral e escrita, Matemática, Natureza e Sociedade, Arte e Movimento, Música) está organizado em sequências didáticas, atividades permanentes e pontuais considerando que existem múltiplas inteligências, que o cérebro aprende diante de desafios e por meio de resolução de problemas e que estabelece conexões entre os conhecimentos.

A proposta está dirigida ao desenvolvimento de habilidades de pensamento e às noções e conceitos em todos os eixos.

Conheça o Ciranda e perceba porque ele é um projeto diferenciado!

Material do aluno

Com um visual inovador e design moderno, o material dos alunos de 5 anos está organizado em duas pastas, uma por semestre, organizadas em oito unidades de trabalho, com duração de um mês cada uma.

Cada uma das pastas reúne fichas e anexos para serem utilizados durante os projetos ou sequências didáticas propostos, contemplando, de forma sistematizada e integrada, as cinco áreas indicadas pelos Referenciais Nacionais Curriculares para a Educação Infantil.

As fichas de aluno têm natureza diferente daquelas encontradas em um livro didático: acompanhar uma história; trazer uma imagem ou um texto para introduzir uma problematização; aprender a construir um brinquedo; conhecer um artista; pensar em um problema; registrar uma atividade; entre outras. Cada uma foi planejada em função de uma sequência didática ou do projeto em curso.

Além disso, são fornecidos os recursos para a montagem dos portfólios, de forma a conferir à criança a autoria das suas produções e aprendizagens.

A proposta semestral considera que é preciso um tempo maior de ensino e aprendizagem na Educação Infantil, a fim de que se possa acompanhar o desenvolvimento dos alunos por um período mais longo.